Monitoramento de servidores e serviços de tecnologia da informação – Quais as vantagens?

Olá, neste post vamos falar um pouco sobre a importância do monitoramento de servidores e outros recursos de tecnologia da informação nas organizações.

Em Tecnologia da Informação(T.I.), os servidores são computadores(hardwares), ou softwares(Máquinas Virtuais), com capacidades avançadas para prover serviços de T.I. aos usuários de uma empresa(organização),tais como: gerenciamento avançado de arquivos, softwares(ERP, CRM, Webserver, Webmail, aplicativos, etc), resguardar backup e outros.

São ferramentas fundamentais para o exercício dos trabalhos nas organizações e qualquer problema físico ou lógico que ocorra com algum deles interfere diretamente na produtividade dos funcionários das organizações.

Máquinas Virtuais – Virtualização

Nos dias atuais, com a tecnologia da virtualização, podemos ter servidores virtuais que rodam em plataformas de virtualização na nuvem(cloud computing) e também precisam ter seus serviços monitorados para reduzir o tempo de indisponibilidade dos mesmos.

No Brasil, a maior parte das organizações, ainda, utilizam servidores físicos, hardware local nas dependências da empresa.

Características de um servidor físico(Hardware)

Os servidores físicos, hardware, possuem uma estrutura superior aos computadores desktops convencionais, para entregar maior resistência e durabilidade sendo composto por peças mais robustas e de melhor qualidade. Este é um dos motivos do seu preço ser sempre mais elevado que os desktops(computadores) convencionais.

Todas as peças de um servidor são especiais e não são tão baratas e fáceis de se encontrar e, portanto, em caso de reposição de peças, pode-se demorar um certo tempo até a localização, compra, recebimento e efetiva troca. Imagine sua empresa parada esperando uma peça, que pode levar até 30 dias, chegar.

Não é recomendado colocar a sua organização nesse nível de risco.

O monitoramento de servidores

Uma solução que grandes, médias e pequenas organizações e instituições públicas e privadas tem feito é a utilização do monitoramento de servidores e recursos de T.I. por meio de softwares especiais com a finalidade de prever incidentes e tomar ações para mitigar ou eliminar os impactos ou identificar e resolver os mesmos num tempo bem menor que o convencional.

Quem pode fazer o monitoramento de recursos de T.I.?

O monitoramento de servidores e recursos de T.I. de uma organização pode ser feito por uma equipe de T.I. interna da empresa ou por uma empresa especializada terceirizada. Normalmente ocorre uma parceria onde a empresa terceirizada atua na implementação e a equipe interna procede com a administração pagando mensalidades para uso e manutenção do funcionamento do software de monitoramento.

Como é feito o monitoramento de recursos de T.I.?

Esquema de comunicação Zabbix Server e Dispositivos monitorados

O monitoramento de servidores e recursos de tecnologia da informação consiste na coleta periódica de dados dos softwares ou hardwares, por meio de um software específico para este fim, para medir a performance e funcionamento dos principais serviços, e componentes da organização para identificar possíveis desvios de funcionamento e possibilitar a ação necessária para a normalização da situação.

O software produz gráficos em tempo quase real e possibilita um painel de monitoramento que pode ser acompanhado o tempo todo ou você pode produzir relatórios periódicos e realizar as análises para verificação da saúde dos dispositivos.

A identificação das anomalias pode ocorrer, também, por meio de alertas pré-programados onde o software envia e-mail ,ou mensagem SMS, de alerta para o administrador da rede ou responsável pela manutenção dos equipamentos.

Como eu defino os dados a coletar?

Os dados a ser coletados são definidos tanto pela equipe de T.I. quanto pelos gestores da organização que ajudam a identificar quais recursos ou ativos de T.I. precisam do monitoramento pra garantir a continuidade e disponibilidade dos trabalhos da organização.

Exemplo de incidente

Vejamos um exemplo de incidente: Imagine que sua empresa possui uma infra estrutura de T.I. com um servidor Firewall, um servidor de aplicação com o seu ERP e banco de dados juntos(uso mais comum no Brasil, no momento) e um servidor de backup.

Caso ocorra um problema físico no servidor e nenhum funcionário da empresa consegue acessar os serviços providos pelo servidor de aplicação com o seu ERP, inviabilizando a emissão de pedidos e Notas Fiscais, e até você conseguir identificar a causa do problema poderá levar um tempo considerável que os clientes da sua empresa não estão dispostos a esperar levando a uma perda de faturamento que os proprietários da organização não vão gostar.

Com o monitoramento e as métricas adequadas, o gestor de TI da empresa saberá exatamente qual serviço ou componente parou, no momento que isto ocorrer, e nessa condição conseguirá tomar a decisão mais adequada e rápida possível para resolver o problema podendo até mesmo automatizar algumas ações, já pré-configuradas, para reativar o serviço ou hardware tendo como medida  forçar a reinicialização do servidor ou serviço ou ainda inabilitando algum hardware e transferindo a sua carga para outro hardware ou software preparado para a situação.

Existem níveis de monitoramento que podem avisar o gestor da área antes de parar tudo antecipando a ação antes do problema ocorrer e isto garante uma melhor experiência para o gestor e os usuários.

Garantir a disponibilidade dos serviços de Tecnologia da Informação é uma premissa que não pode ser deixada ao acaso e, ações estratégicas é o que diferencia os profissionais.

Veja algumas vantagens do monitoramento de servidores e redes:

  • Maior organização e controle dos ativos de TI da empresa(Todos os recursos identificados numa tela);
  • Maior rapidez na identificação e resolução de problemas;
  • Maior visão sobre os possíveis incidentes que podem ocorrer a curto, médio e longo prazo;
  • Maior possibilidade de previsão de compra de peças de reposição baseado nas informações de desempenho das mesmas;
  • Maior satisfação por parte dos usuários por proporcionar melhor desempenho e disponibilidade dos serviços de TI;
  • Aumento de produtividade por parte dos usuários;
  • Prevenção de incidentes que comprometam a integridade dos recursos de TI da empresa;
  • Relatórios de performance e rendimento dos recursos de TI que justifique a Diretoria, com relatórios e gráficos, o investimento em novos hardwares ou softwares;
  • Notificações sobre problemas aos principais responsáveis pela TI para resolução de problemas antes da ocorrência dos incidentes em si;
  • Possibilidade de automatização de ações para correção de problemas mais simples;
  • Possibilidade de monitoramento do site da empresa para verificar se está no ar e o tempo de indisponibilidade que ficou;
  • Possibilidade de monitoramento de webmail;
  • Transparência na gestão.

Os serviços de monitoramento também podem ser estendidos a qualquer equipamento da rede da organização tais como: Switchs, notebooks, desktops, centrais telefônicas, interfaces GSM de telefonia, relógios de ponto, etc, enfim, qualquer equipamento que gere algum tipo de dado a ser medido.

Consulte um profissional de TI da GTL Serviços de TI e saiba como podemos te ajudar a monitorar sua rede e trazer o controle para as suas mãos.

Espero que tenha gostado.

Um abraço!

Atenciosamente…

Virmondes Gondim

GTL Serviços de TI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Clique e mande um Zap!